• 21 de março, 2019

Apresentamos nossa primeira Identidade Visual

O ano era 2014 e o Brasil estava à beira da maior recessão de sua história. A futura crise que viria a se instaurar em nosso país já derrubava empresas e empregos. Os anos seguintes não seriam nada fáceis.
Mesmo sem saber ao certo o que nos esperava, decidimos fundar, no início de 2015, o que já era plano há pelo menos 10 anos. E a empresa nasceu em 29 de Janeiro.
O projeto previa tudo necessário para que a nova empresa não entrasse nas sórdidas estatísticas brasileiras, de que 7 a cada 10 empresas fecham no primeiro ano de existência. Para falar a verdade, não fechar as portas foi nossa meta anual nos primeiros 3 anos.
Projeto desenhado, mas faltava o nome.

Naming

Se eu disser que os sócios da Usabit são designers por formação, você deverá concordar que um sólido projeto de naming e de identidade visual deveria estar incluído desde a concepção da empresa. Mas não estava.
No primeiro momento, não tivemos consultoria de nenhum especialista nem rodamos complexos e criativos processos de naming para batizar a empresa.
Um termo que cerca o mundo moderno das telas touch é Usabilidade. Algo velho e tradicional para qualquer engenheiro de produto mas que vinha ganhando espaço no mundo digital pela necessidade de conceber telas (de sistemas, sites, aplicativos, jogos) que pudessem ser mensuradas, ou seja, que seu desempenho pudesse ser acompanhado efetivamente. Se uma tela não está perfeitamente planejada pelo designer e bem implementada pelo desenvolvedor, você não consegue executar a ação de comprar online ou de baixar a segunda via de sua conta de luz, por exemplo. Isso compromete seu bom uso.
Como nosso trabalho é justamente este, a Usability que tanto buscamos deu origem à Usabit, numa contração que acabou dando certo por gerar uma palavra pequena e fácil de falar e memorizar. Além disso, o bit liga nosso nome diretamente aos sistemas de computadores, tão a ver com nosso ramo de tecnologia da informação.

Problemas Naturais

Ter o nome definido já era o suficiente para colocar o plano em ação. Naquele momento de caça e vida primitiva do início de uma empresa, um projeto de identidade visual não nos traria clientes. Todo tempo disponível deveria ser empregado para a prospecção de contratos. Na hora certa teríamos tempo e condições financeiras para investir nisso. E assim foi feito.
De trás pra frente, a identidade surgiu de forma orgânica. Com o passar dos anos e com a evolução do trabalho, pudemos provar da necessidade automática de termos um projeto visual. O dia a dia da operação da empresa demandou e o projeto veio solucionar problemas que se tornaram recorrentes: não conseguíamos criar com consistência materiais de comunicação por e-mail. Quando criávamos, o e-mail não condizia com o layout das propostas comerciais, por exemplo. Nosso site se tornou um verdadeiro Frankstein. À medida que a equipe crescia, não havia regras para guiar o trabalho dos nossos designers. Cada um criava conforme interpretava o conjunto de elementos que compunham o visual da Usabit em sua interpretação visual.

A nova e primeira identidade visual

Podemos comparar este processo de criação com o amadurecer de uma criança. À medida que a empresa abriu seus olhos e deu seus passos, ficou de pé e conheceu novas empresas concorrentes e clientes, percebeu e se identificou sobre como se vestir. De forma natural se inspirou no que via, recusou o que não condizia e adotou as formas visuais de sua personalidade. E assim, de trás pra frente, o time de design desenhou e consolidou a nova e primeira identidade visual da Usabit.

Ela tem a simplicidade, clareza e objetividade que identifica a Usabit nesses quatro anos. E transmite a tecnologia visual com padrões digitais e cores que lembram a tradição de telas do prompt-DOS. Escolhemos uma paleta de cores que nos diferencia do colorido do Google e suas tendências, por exemplo, e ícones que reforçam a linguagem web. O novo pattern de formas geométricas cria o movimento presente nas telas e tenta deixar a Usabit visualmente mais dinâmica. Há quem diga que parece um pouco o Tetris.

Home Site Usabit
Home no Novo Site Usabit
Mobile de teto Nova Identidade Usabit
Mobiles de teto, na inauguração do escritório novo
Placas e sinalização interna
Placas e sinalização interna
Placas Sinalização Usabit
É sempre bom lembrar, não é?
Rafael Tavares

Rafael Tavares